domingo, 27 de junho de 2021

TIME OF THE SEASON


  


QUAL É A MELHOR FASE DA VIDA ? RECORDAR É VIVER ? OU SERÁ QUE VIVER É ALIMENTAR SONHOS ? A "FLOR DA IDADE", ATÉ ONDE VAI ? OS BONS TEMPOS PASSARAM, AINDA NÃO CHEGARAM OU, QUEM SABE, ESTÃO PASSANDO AGORA ?

 

Esse não é um post para falar sobre a "melhor idade", embora creia que muitas vezes a velhice assim seja. É para dizer que acho que DEPENDE. E depende do quê ? Depende do modo como vivemos o presente e, se formos sábios o bastante, qualquer idade é a "melhor idade".

 

"Ensinai-nos a bem contar os nossos dias, para alcançarmos o saber do coração." (Salmos 89:12 ou 90:12, em algumas edições).

 

Sendo contemporânea dos Beatles, a banda britânica THE ZOMBIES nunca chegou perto do mesmo sucesso de público, porém tinham o reconhecimento dos críticos, pela complexidade dos arranjos e das harmonias vocais.

 

Em 1964 começaram a ficar mais conhecidos, com o hit She's Not There, música com uma batida diferente que, aliás, despertou a atenção do guitarrista Carlos Santana, dando-lhe o insight de que era possível misturar o rock com ritmos latinos.

 

Mas o maior sucesso da banda foi mesmo Time Of The Season, de 1967. O tema caiu muito bem para aquela época do alvorecer da geração  "Paz e Amor" (É o tempo da estação / Em que o amor corre solto...) e certamente quando a cantam em 2019 esses veteranos já contemplam o amor sob outra perspectiva (É o tempo da estação para amar), diz no final.

 

Acho especial vê-los interpretar essa música mais de cinquenta anos depois, ainda com brilho nos olhos !

 

Mais um pensamento. Uma outra coisa boa de se viver bastante e com saúde, é o fato de dar mais tempo de lembrarem de você. Imagine, uma banda que viveu seu age nos anos 60, ser lembrada para ingressar no Rock and Roll Hall of Fame em 2019


sábado, 5 de setembro de 2020

VELOZES E DIVERTIDOS.


  
 
#oplanetaehnosso12anos
 
Publicado originalmente em 12.04.2008.

 
O retorno de uma postagem repleta de saudosismo de maravilhosos desenhos animados que muito nos alegraram nos anos 70 e 80 !
 
 
 
por Quatermass
 
 
"Nestes dias, Thintosecco andou postando “a pedido”, Brasinhas do Espaço e Os Impossíveis. Não lembram nada ao caro internauta? Os saudosos tempos em que a Hanna-Barbera produzia desenhos de qualidade e nossos dubladores acompanhavam o padrão.
 
 
Empresas como AIC (Arte Industrial Cinematográfica São Paulo) e Cinecastro já desapareceram, mas seu legado ficou. Ouça de novo aqueles desenhos e irá perceber que não eram apenas dublados e sim interpretados. Não só estes como também Corrida Maluca, Os Apuros de Penélope, Máquinas Voadoras e outros tantos. 
 
 
 

 
 
 

 
 
 

 
 
 
Adrenalina em tempo integral: iam, batiam, capotavam e continuavam correndo. Que saudades do Dick Vigarista ! E que trauma também!
 
Há algum tempo retirei Corrida Maluca da locadora. Recém lançada a série em DVD, mostrei a minha filha como eram os desenhos de antigamente. Para quem gosta de Pokemon, A Mansão Foster para Amigos Imaginários e outros, sentiu a diferença e concordou com a qualidade daquelas vozes. Depois a Warner lançou as séries Máquinas Voadoras e Os Apuros de Penélope. Novamente retirei e veio o choque: redublaram os desenhos! 
 
 
Sempre que o assunto é dublagem e redublagem as respostas são as mais nebulosas, enigmáticas e misteriosas possíveis. Por quê? Qual a razão? Um conselho: nunca, mas nunca tente entender o motivo! Não que a resposta possa ser falsa, e sim, frustrante. 
 
 
Mas às vezes pode dar a sorte de nos depararmos com o antigo de novo. Em certos canais, desses menos badalados, seja a cabo ou de sinal aberto, passam velhos filmes e seriados com velhas dublagens só vistas recentemente com legendas nos Telecines e Cartoon Network.
 
 
Assim sendo, espero um dia voltar a ouvir a antiga dublagem dos anos sessenta de Jornada nas Estrelas, com Emerson Camargo, Dênis Carvalho e Astrogildo Filho dublando o Capitão Kirk , pois até hoje não acreditei nas versões apresentadas para terem redublado as três temporadas de novo – verdadeira lenda urbana!"
 
 
 
Para saber mais sobre a Corrida Maluca:
 
http://infantv.com.br/infantv/?p=1585
 
 
E aqui, a listagem dos dubladores brasileiros originais dos desenhos da Hanna-Barbera produzidos entre 1967 e 1971:
 
https://web.archive.org/web/20090220204633/http://retrotv.uol.com.br/dublagem/hannabarbera/index3.html
 
 
 

quinta-feira, 30 de julho de 2020

CONEXÕES CÓSMICAS





Postei, não faz muito tempo, sobre A MÁQUINA DO TEMPO, me referindo ao romance clássico do escritor H. G. Wells.

A ideia era (e ainda é) dar início a uma série sobre o fenômeno do tempo, trazendo diversas abordagens, começando com ideias vindas da ficção e passando, quem sabe, pela ciência e pela filosofia.

Oportunamente, teremos aqui a segunda parte daquela matéria.

Antes, porém, constato o lançamento, no canal do You Tube do prof. Marcelo Gleiser, da série Conexões Cósmicas. São aulas em que o físico abordará (adivinha ?) a questão das viagens no tempo !

Tendo tudo a ver, compartilharei esses vídeos aqui.

Conexões Cósmicas, aula 1 :


Related Posts with Thumbnails