quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

O FALCÃO DOS MARES




por Quatermass



Escrevi este post logo após o comentário de A Guerra dos Mundos (1953).

Lembrei-me de um filme de outro diretor contemporâneo de Byron Haskin, Raoul Walsh.


Aproveito então para falar do Falcão dos Mares (Captain Horatio Hornblower - 1951).



DESAFIO alguém me provar por A + B outro filme de navios a vela melhor que este. Nossa crí
tica cinéfila sempre se lembra dos filmes de Errol Flynn, principalmente de O Gavião do Mar (The Sea Hawk – 1940), mas não suporto aquele sujeito, que só faz pose e de sorriso idiota. Talvez o capitão Jack Aubrey, criação de Patrick O’Brien no filme O Mestre dos Mares (2003), dirigido por Peter Weir, chegue perto.

Mas ainda falta muito para que Russel Crowe alcance Gregory Peck e seu personagem. Também baseado num romance, mas do início do século passado, o Falcão dos Mares é filme de ação desde o início. É pura aventura.


Durante a guerra napoleônica o capitão Horatio Hornblower recebe ordens e contra-ordens do Almirantado que acabam por travar combate com um navio de linha espanhol muito maior que o seu; posteriormente, parte no comando de outro vaso de guer
ra à procura de navios franceses.



Não vou falar da reconstituição das cenas navais, que são as melhores que Hollywood já produziu. Mas a condução do filme, a história, a presença de Gregory Peck e o romance com Lady Barbara Wellesley (Virginia Mayo) dispensam outras comparações.


Que ator! Sempre me lembro que os filmes de Henry Fonda são marcantes. Os de Gregory Peck são inesquecíveis! Neste filme Hornblower é másculo, sisudo e determinado; enquanto que em Moby Dick (1956) Ahab, capitão do Pequod, era impiedoso, rancoroso e obsessivo.


Um aspecto me impressiona: do discurso de H
ornblower ao discurso de Ahab há muitas diferenças, principalmente da personalidade. O primeiro, motivador; o segundo, extremamente destrutivo. Às vezes penso: como pode um ator interpretar tão bem dois personagens a ponto de parecer não ser o mesmo?


RECOMENDO! Faça uma coisa diferente: assista Falcão dos Mares, Moby Dick ou O Sol é para Todos e entenda o que significa interpretar.



2 comentários:

thintosecco disse...

O Falcão dos Mares no emule (dual áudio - inglês/espanhol):

ed2k://|file|Captain.Horatio.Hornblower.(1951).(Tvrip.Dual.Spanish-English.By.Tylerdurden).avi|755357696|3ED66C3E8BC5856C11C5670C1D5E02E8|/

Wilton Pacheco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts with Thumbnails