sábado, 6 de dezembro de 2008

Bela e Histórica Rio Pardo


Uma contribuição para minha querida terrinha...



RIO PARDO

by MrOx





Rio Pardo é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se a uma latitude 29º59'23" sul e a uma longitude 52º22'41" oeste, estando a uma altitude de 47 metros. Sua população estimada em 2004 era de 37.935 habitantes.




Às margens do Rio Jacuí, é um dos municípios mais antigos do Rio Grande do Sul e de grande importância histórica, essencialmente militar. No século XVII e século XVIII, compreendia quase 157 mil quilômetros quadrados, mais da metade do território rio-grandense, e de onde se desmembraram mais de 200 municípios.


Era habitada pelos índios tapes, que foram depois civilizados pelos jesuítas espanhóis das Missões Orientais, por volta de 1633. Em 1715 chegaram à cidade os primeiros colonizadores portugueses avulsos.





A construção do Forte Jesus-Maria-José, em 1752, marcou a chegada dos primeiros colonizadores açorianos, que foram povoando a cidade inicialmente em volta do forte.


Em 1807 foi criada a Capitania de São Pedro e, em 7 de outubro de 1809, através do Decreto Real assinado por D. João VI, Rio Pardo foi elevado à condição de vila, com o nome de Vila do Príncipe. Em 31 de março de 1846, a vila de Rio Pardo foi elevada à categoria de cidade.


Além da importante participação na conquista da região das Missões, o município se destacou na Revolução Farroupilha (1835-1845) e na Guerra do Paraguai (1865). A seguir, vieram colonizar a região os imigrantes alemães e de outras origens.






Bens históricos patrimoniais tombados:




* Rua da Ladeira (hoje Júlio de Castilhos) [1] - construída em 1813 copiando a Via Appia, é a primeira rua calçada no RS (ligando o antigo Forte Jesus-Maria-José ao centro da cidade), foi tombada em 1954 pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Brasil;




* Igreja da Matriz Nossa Senhora do Rosário [2] - construída em 1779 e tombada pelo Patrimônio Municipal de Rio Pardo em 1978;





* Escola Militar [3] - construída de 1846 a 1880 e tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual em 1983.




Importantes bens históricos não tombados:




* Forte Jesus-Maria-José, chamado de "Tranqueira Invicta" [4] - construído em 1752, hoje restam apenas três canhões e uma lápide com a planta da fortaleza;




* Capela São Francisco (com Museu de Arte Sacra de Rio Pardo) [5] - construída em 1755 e uma das mais antigas da história colonial;


* Museu Municipal Barão de Santo Ângelo [6] - casa em estilo português do século XIX que ainda tem uma senzala para escravos domésticos;


* Estrada de Ferro;



* Sobrado de dois andares onde funcionava o Fórum, na rua principal [7];


* Casarão Amarelo da esquina da Rua da Ladeira, essa uma das primeiras a serem calçadas no RS.






OBS: Fotos áereas com a participação do THINTO.
Lembra dessa "empreitada" ??
UAhAHAh


Boas Festas !!!



http://www.terragaucha.com.br/imags_rio_pardo.htm

3 comentários:

thintosecco disse...

Belíssima postagem, meu amigo. O que somos nós sem nossas raízes se, como nos ensinou Jesus, "os homens são como as árvores"?

LEAL cidade de Rio Pardo, que muito bem defendeu o território português e depois o Império Brasileiro no tempo em que as disputas eram resolvidas no fio da espada ou com tiros de canhão. A Tranqueira Invicta, que ainda não teve seu potencial turístico devidamente reconhecido e explorado. Palco onde foi composta a primeira versão do Hino Rio-grandense, além de muitos outros eventos históricos e berço de personagens do Rio Grande.

Querida cidade de Rio Pardo, que sempre nos acolheu com muito carinho e onde temos grandes amigos!

Um grande abraço!

thintosecco disse...

Sobre as fotos aéreas, valeu muito o passeio, que jamais esquecerei. Mas não é necessário convidar para outro, viu? Uma vez lá em cima é o suficiente! Abraço!

MrOX disse...

AhAhHAhAH

Nossa faz tempo...

Obrigado pelos ajustes, tens que retificar algumas fotos, passo por e mail nome correto das igrejas
Abraço !!!

Related Posts with Thumbnails