sábado, 8 de novembro de 2008

633 SQUADRON



Quatermass




De todos os filmes de guerra ingleses, Inferno nos Céus (663 Squadron - 1964) talvez seja o melhor. Poderia até tecer comparações com A Batalha da Grã-Bretanha (Battle of Britain - 1969), mas este último, mesmo sendo superprodução, ainda deixa a desejar. A trilha de ambos é de Ron Goodwin, excelente compositor, da mesma linhagem de Barry Gray e Roy Budd: especialista em trilhas grandiosas. O roteiro é menos ambicioso de B of B, seu elenco também, por isso que esta obra ressalta!



A história: escondida dentro dos fiordes noruegueses, uma fábrica de foguetes V-2 é praticamente inexpugnável. A única maneira de atingi-la é através de pequenos bombardeiros. Este avião é o DeHaviland Mosquito – um belíssimo avião, construído de madeira e cola!






Só a cena de abertura do filme com aquelas máquinas voando em formação, acompanhadas pela música de Goodwin já nos leva às nuvens! A guerra é pretexto, no fundo é pura aventura. Mas a cena dos bombardeiros atravessando os estreitos fiordes até seu alvo lembra e muito o ataque dos X-Wings à Estrela da Morte, em Guerra nas Estrelas IV – Uma Nova Esperança (certa vez já comentei que George Lucas nada cria, tudo copia).





Por ser despretensioso, com uma música inesquecível e cenas memoráveis – resulta num ótimo filme – receita simples e muitas vezes esquecida.


1 comentários:

Thintosecco disse...

Dica do tio: este e outros filmes antigos de guerra podem ser encontrados através do Fórum Clube Sessão da Tarde - CST (www.cstbr.org).

Related Posts with Thumbnails