sexta-feira, 15 de novembro de 2019

O ALUMÍNIO TRANSPARENTE






Todo fã de Star Trek das antigas lembra da cena, vista no filme Jornada nas Estrelas IV - A Volta Para Casa, de 1986, quando o sr. Scott tenta usar um computador da década de 1980 e tem alguma dificuldade (Computador ? Alô, computador ?). É um dos vários momentos cômicos daquele ótimo filme.


Mas o que o engenheiro-chefe da nave Enterprise queria fazer?  Recriar a fórmula de um material leve, transparente e muito resistente, com o qual faria um grande tanque d'água para transportar duas baleias da espécie jubarte. Elas seriam levadas do século XX para o XXIII, para ajudar a salvar a especie humana da extinção diante de uma ameça que só respeitaria, veja só, as tais baleias. Scott chamou o material em questão de ALUMÍNIO TRANSPARENTE.


Assim foi feito na ficção. E permaneceu o alumínio transparente como ficção durante quase 25 anos. Mas só por aí. Por volta de 2010 foi anunciado o surgimento do ALON, que é o nome comercial do oxinitrato policristalino de alumínio, tratando-se do material transparente mais resistente disponível no mercado hoje em dia.





Essa substância é dotada de características impressionantes, como o fato de ser quatro vezes mais resistente que o vidro blindado, correspondendo ainda a 85% da resistência da safira. Para conhecer mais, recomendo uma visita à Wikipédia sobre o assunto.



Mas, afinal, sobre o que é este post ? É sobre a tela do nosso próximo smartphone ? Não, é sobre transformar sonhos em realidade. Vale a pena pensar sobre isso, não ?


Alíás, em outra sequência do mesmo filme, é mostrado outro avanço científico que, caso concretizado, faria felizes muitas pessoas. É quanto o Dr. McCoy encontra uma velhinha que está a caminho de uma sessão de hemodiálise. Ele se apavora e exclama: "Ainda estão na era das trevas!". Então dá um comprimido para a senhora que, minutos depois, aparenta estar curada e feliz da vida !


Bendita sfi-ci, aquela dá esperança ao ser humano !


Fica aí a cena em que o sr. Scott ensina um engenheiro do século XX a fazer o alumínio transparente. Agora não precisaria mais, já existe.


Importante registrar que a referência mais antiga sobre o alumínio transparente que encontrei foi no site AUMANACK (www.aumanack.etc.br), que, em parte, inspirou este post.


E especiais agradecimentos ao amigão Luciano (MxOx) pela sugestão. Abraço !



2 comentários:

MrOX disse...

Valeu Thinto !!

Taiguara disse...

Valeu ! Blog tá bem devagarinho, mas não morreu.

Related Posts with Thumbnails