sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

A saudação vulcana e a benção de Shekhina








Neste último sábado, 26/03, Leonard Nimoy completou 80 anos de vida longa e próspera.
William Shatner também tornou-se octogenário no dia 22 passado. Parabéns aos dois!

Mas
com todo o respeito e carinho que devemos ao nosso Capitão Kirk, a verdade é que o Sr. Spock (do Nimoy) é, e sempre será, o nosso personagem mais querido do universo Star Trek.


No vídeo a seguir, o Nimoy fala de seu trabalho como fotógrafo e ainda explica a origem da famosa saudação vulcana: uma criação dele a partir de uma experiência religiosa na infância. Vale conferir (melhor visualizar em tela inteira).

Importante registrar que a Fê, do blog Vintage69, já havia dado um toque sobre esse assunto tempos atrás. Valeu.




Links recomendados:

Entrevista de Nimoy para a Revista Veja, em 2003.

Matéria no site TREK BRASILIS.

SPOCK - Matéria no blog Capacitor Fantástico.

2 comentários:

Dr. Phibes disse...

O Shadai e um símbolo bem comum entre os Kohen na ora da reza. Sempre achei que ele fosse de familia Kohen, agora vendo o vídeo já não sei mas. Mas de qualquer forma acho que foi uma boa sacada a dele de usar o Shadai na serie ainda mas em um comprimento que tem haver com o símbolo.

Thintosecco disse...

Voltando a esta postagem...

Valeu a participação, Doctor!

Esse vídeo deixa evidente um dos motivos pelos quais a série clássica é diferenciada das demais da franquia: a participação ativa dos atores no desenvolvimento
dos personagens, mas destacadamente no caso do Nimoy.

Ele criou várias características marcantes de Spock: além da saudação, tinha o "toque" com que deixava inconscientes os adversários; também a expressão de curiosidade erguendo a sobrancelha, e outros.

Outro fator, referido pelo próprio Nimoy, era o clima de amizade que havia entre os atores, que influenciava toda a produção e até os roteiros, aliás ótimos - ao menos nas duas primeiras temporadas.

Destes pequenos detalhes fez-se um clássico.

Related Posts with Thumbnails