terça-feira, 5 de dezembro de 2017

INVENCÍVEIS ROYAL




 

por Thintosecco 
(apoio: Quatermass e Rosane V.)


(postado originalmente em 18.11.2010)

 

No distante ano de 1966 a televisão ainda era em preto e branco e a pouca tecnologia da época requeria dos produtores/diretores maior criatividade, especialmente nas obras de ficção.

 Na falta da hoje abundante computação gráfica, nos anos 50/60/70 foram utilizadas diversas técnicas, como o stop motion, animação, maquetes e trucagens diversas. Inclusive marionetes, caso de diversas produções do inglês Gerry Anderson. O mais famoso de seus seriados foi, é claro, Thunderbirds (1965), já comentado aqui no blog. 




Porém naquele tempo já haviam estratégias de marketing. E Thunderbirds chegou ao Brasil com outro nome: Invencíveis Royal. O nome foi criado aproveitando a sigla de International Rescue, a organização dos Thunderbirds. 




Entretanto, o patrocinador investiu na campanha com algo mais. A meninada da época podia reunir embalagens dos produtos da marca e, mediante remessa a uma caixa postal no Rio de Janeiro, receber em resposta... o título de Invencível Royal! 




Esse título vinha certificado em uma carta firmada por um certo Marechal Kosmos . É claro que este personagem não consta no universo dos Thunderbirds, mas... e daí? Esta carta ou "título", vinha acompanhada de mais alguns item curiosos: um bottom (o distintivo de "Tenente Espacial"); a carteirinha de Invencível Royal, inclusive com número de matrícula; o código dos Invencíveis, com o respectivo disco para decifrar; e o envelope azul que continha esses itens reservava ainda uma surpresa: transformava-se no "quepe" dos Thunderbirds. 







Mas onde queremos chegar? O interessante é que, para nossa surpresa, descobrimos na semana passada que uma querida colega/amiga nossa, a Rosane, foi uma "Invencível Royal". E o mais incrível: guardou esse material com carinho por mais de quatro décadas, para prontamente nos emprestar para esse post especial. 

Fica assim, para o conhecimento dos mais novos e para o saudosismo dos mais antigos, o registro daquela época mais simples e romântica, quando a gurizada achava o máximo um seriado produzido com marionetes. Aliás, ainda hoje achamos os Thunderbirds muito bons!

O tempo é mesmo um fenômeno poderoso, que muitas vezes vemos como inimigo. Mas ele também é capaz de transformar coisas singelas em verdadeiras relíquias. 

Por fim, agradeço ao prof. Quatermass, que reconheceu o valor e providenciou a digitalização dessas raridades. Valeu. Ficaram com vontade de rever os Thunderbirds? Ficam então os links, inclusive de postagens neste blog. E o tradicional "videozinho". Saudações!


terça-feira, 2 de maio de 2017

MÚSICA DAS ESTRELAS





Os bons filmes geralmente se fazem acompanhar de boas trilhas sonoras e, em muitos casos, filme e música formam um conjunto inseparável ! É o caso da saga Star Wars. Por mérito do maestro John Williams


Protagonista de um currículo impressionante, Williams compôs quase todas as trilhas da franquia - a exceção é Rogue One, assinada por Michael Giacchino - e muitas outras, como as músicas dos quatro filmes de Indiana Jones; os três primeiros de Harry Potter E. T.;  o primeiro longa do Superman; Jurassic Park... E por aí vai ! A lista é longa.



Em termos de premiações, vale registrar que o maestro atingiu a impressionante marca de 50 indicações para o Oscar ! Dizem que fica atrás apenas de Walt Disney. Levou cinco estatuetas para casa.



As trilhas de John Williams tem morada certa na memória afetiva de todo nerd Inclusive dos mais antigos. Lembram dos temas dos seriados Perdidos no Espaço, Túnel do Tempo e Terra de Gigantes ? Legais, não ? Composições dele ! Na época em que era creditado como Johny Williams.  



Mas nosso querido maestro tem uma relação especial com Guerra nas Estrelas. Tanto assim que já se ofereceu para compor as músicas do Episódio VIII. Isso que já passou dos 84 anos ! Será obra da Força ?


Recentemente, John Williams apareceu de surpresa na Star Wars Celebration, ocasião em que regeu a Orquestra Filarmônica de Orlando num miniconcerto que homenageou Carrie Fischer e apresentou os principais temas da franquia. Show !




sábado, 8 de abril de 2017

UM POUCO DE CIÊNCIA SOBRE O FILME "A VIGILANTE DO AMANHÃ"





Sobre o tema, recomendo os vídeos do canal NERDOLOGIA.

Aqui compartilho o Nerdologia 219, que trata da "singularidade humana", mas também recomendo o Nerdologia 220, sobre "ciberguerra"

E quer saber de uma coisa ? Recomendo o canal como um todo, é muito bom ! 


https://www.youtube.com/channel/UClu474HMt895mVxZdlIHXEA


Related Posts with Thumbnails